Have you found what you're looking for?

Eu estava com a cabeça cheia de pensamentos que eu não conseguia explicar, era uma inquietação, mas não pela família que não dá notícias, nem pelo pouco tempo que falta para o embarque do meu namorado, nem pela possível saudade que eu sentirei de tudo e [quase] todos.


Era algo muito meu, e que pensando bem, é de toda Au Pair, e que particularmente eu acho o motivo pelo qual [quase] todas as meninas decidem dar um tempo da vida no Brasil com S.


A questão não é o inglês que vai melhorar, as viagens que faremos, as roupas e eletrônicos que iremos comprar. Não é por simplesmente morar fora muito menos pela curiosidade da cultura alheia, e sim por encontrar pelo que realmente estamos procurando. 


Procurar o que nos falta, que ainda não sabemos. Conhecer quem realmente seremos em um ano sem nenhum tipo de influência. É crescer, aprender a cuidar de sí, encarar uma homesick, conversar com a própria consciência, é provar para você mesmo que você pode, que você consegue superar todos os medos, todas as diferenças, todas as dificuldades.


Não adianta viver um ano fora sem tentar vencer tudo isso.


Para muitos como eu, é o gosto dessa vitória que precisamos para poder continuar e passar por mais essa etapa da vida. É isso que eu quero, é o que me motiva, é o que me faz querer encontrar o que eu tenho procurado durante 21 anos.

6 comentários:



Tatii disse...

que fofo!!! : )

Renata disse...

É por isso que eu quero ser Au Pair. É claro que um inglês fluente vai ajudar muito na minha vida,mas quero me descobrir.
Falou bonito Carla!!

Beijos

Carol disse...

"But I still haven't found what I'm looking for ..."

Vc sabe que eu não achei, né? Vc sabe mto da minha vida em pouco tempo. rs

Diferente de mim, espero que vc ache logo!

Beijos

**jOsi** disse...

Que dom com as palavras hein mulherr!!
Falô tudoo!!

AnaLuiza disse...

Oi, Carla! Amei seu texto.
Realmente o desejo de ser Au Pair é uma coisa difícil de explicar. Falar em melhorar o inglês ou conhecer outras culturas é muito pouco...
Que bom saber que estamos mais perto do que longe de encontrar o que motiva essa busca, né?

beijos!

Tatii disse...

heuheuehueuehe cupcakes e tava bom>???